OUÇA AO VIVO
NOTÍCIAS
‘STAR WARS ´ 40 ANOS

Resultado de imagem para cartaz do filme star wars 1977 originalA aventura em produção há 1 bilhão de anos.” O trailer original de “Star Wars” – ou “Guerra nas Estrelas”, como ficou conhecido no Brasil – não poupava exageros para a criação de George Lucas, que estreou nos cinemas dos Estados em 25 de maio de 1977. Os superlativos eram uma necessidade: até ali, ninguém fazia ideia de como a história do diretor de “THX-1138″ e “Loucuras de Verão” seria recebida pelas massas. “Star Wars” era uma incógnita, um projeto complexo que passeava pela mente de Lucas desde o começo da década Com sua aventura empolgante e otimista, Lucas usou a boa bilheteria de “Loucuras de Verão”, lançado em 1973, como barganha para um orçamento de US$ 11 milhões na Fox e garantia para que mantivesse o direito para continuações e o lucro advindo de merchandising Colocar no papel era uma coisa, executar as ideias como filme era mais complicado. Como a equipe de efeitos especiais da Fox havia sido desmantelada na época, Lucas começou sua própria empresa, a Industrial Light & Magic, num galpão no subúrbio de Los Angeles. Douglas Trumbull, que fez os efeitos de “2001” para Stanley Kubrick, recusou o convite do diretor (ele já estava atrelado a “Contatos Imediatos do Terceiro Grau”, de Steven Spielberg) e e sugeriu seu assistente, John Dykstra. O time trazia artistas, estudantes universitários e engenheiros, todos abraçando os conceitos além de seu tempo de “Star Wars” e inventando novas formas para materializá-los , A pós-produção complicadíssima adiou o lançamento de “Star Wars” de dezembro de 1976 para maio do ano seguinte, em cerca de 32 cinemas – uma piada comparado aos lançamentos globais com milhares de salas hoje em dia. (No Brasil, o o longa só chegaria em 30/1/1978 O sucesso pegou todos de surpresa. “Star Wars” começou a bater recordes de bilheteria, deixando o próprio Lucas estupefato – e muito, muito rico. Enquanto o fenômeno crescia, e novos cinemas eram construídos pelos Estados Unidos para atender a demanda, a equipe, na frente e atrás das câmeras, via sua popularidade disparar. “Star Wars” dera um salto nas possibilidades narrativas do cinema moderno e o mundo aos poucos entendia e assimilava suas contribuições– técnicas, mercadológicas, inovadoras,O verdadeiro visionário, porém, foi Steven Spielberg, amigo de longa data de Lucas. Quando “Star Wars” teve seu primeiro corte exibido para executivos da Fox, com efeitos incompletos e muitas lacunas no filme, a reação dos amigos, do cineasta, incluindo Brian De Palma e John Milius, deixou Lucas inseguro. O sentimento aumentou quando ele visitou o set de “Contatos Imediatos”, sendo rodado por Spielberg, e teve certeza que seu filme ia comer poeira. Spielberg não só discordou, como apostou que “Star Wars” seria o maior sucesso do ano. Ele ganhou a aposta e, até hoje, recebe 2,5% cento dos lucros de “Guerra nas Estrelas”…

copyright © Todos os Direitos Reservados | radiodelmiro.com.br