Preso casal acusado de matar três irmãos no interior da Bahia

Por | 30 de Janeiro de 2018 às 14:35

 

Um casal suspeito de envolvimento na morte de três irmãos durante um ataque a um bar em Ribeira do Pombal, cidade a cerca de 200 quilômetros de Delmiro Gouveia-AL, foi preso neste sábado (27). A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

 

Lucas Freitas Santos da Silva, mais conhecido como ‘Lukinhas’, e Gelma Fernandes de Morais foram localizados por equipes da 25ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Euclides da Cunha). Segundo a polícia, a dupla pertencente a uma fação criminosa e atacou os irmãos porque eles integravam uma quadrilha rival.

 

Lukinhas e Gelma estavam com mandados de prisões expedidos por conta do envolvimento direto no triplo homicídio, ocorrido no dia 21 de janeiro, no povoado de Barro Vermelho, zona rural de Ribeira do Pombal.

 

Os irmãos mortos, além de integrarem outra quadrilha, eram investigados pelo homicídio de um traficante, no dia 17 de janeiro, em uma pizzaria, também na cidade de Ribeira do Pombal, segundo a SSP-BA.

 

Os autores dos disparos chegaram armados em um carro e ordenaram que as pessoas que estavam no bar se afastassem. Em seguida, os suspeitos começaram a disparar contra os irmãos.

 

As vítimas foram identificadas como Reures dos Santos Matos, de 29 anos; Cláudio José dos Santos Matos, de 27 anos, e Bruno José dos Santos Matos, de 27 anos.

 

O caso:

 

Os três irmãos foram mortos quando estavam em um bar. De acordo com a Polícia Civil, um deles ainda foi decapitado e a cabeça foi encontrada dias seguintes após o crime em um terreno baldio.

 

Uma quarta vítima foi baleada na virilha quando saía do banheiro do bar no momento do ataque, mas não morreu. Ela foi identificada como Alaelson Santos, de 27 anos. Segundo a polícia, o rapaz não era alvo dos atiradores. Não há detalhes do estado de saúde dele. A polícia não especificou se há grau de parentesco entre o quarto baleado e os irmãos mortos.

 

A polícia detalhou que Claúdio morreu no bar, Reures morreu próximo ao local e Bruno conseguiu fugir. Entretanto, ao ser perseguido, ele foi atingido e depois decapitado.

 

Deixe aqui seu Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EQUIPE DEL

MAURICIO SANDES
ADRIANO PEREIRA
TAUIR WAGNER
MARCIA QUEIROZ
PAULO LIMA
DIOGENES MODESTO
PARCEIROS
Castanho
REAL CALÇADOS
Rádio Delmiro © 2014-2017 Todos os direitos reservados.